Notícias

Empresas certificadas pelo Procondo entram em fase de renovação do selo de qualidade

03/07/2017 às 09h39

Após três anos em pleno funcionamento, o Procondo começa sua segunda fase de operação: renovar a certificação das primeiras empresas que receberam o selo de qualidade do programa. A primeira a passar por uma nova auditoria da Bureau Veritas, líder mundial em certificações, será a BCF Administradora de Bens. Nessa etapa, a empresa deverá cumprir os mesmos requisitos da primeira certificação, com cerca de 150 itens relacionados às áreas de finanças, gestão de pessoas e jurídica.

Para Luis Carlos Bulhões, diretor do Procondo, o programa é uma iniciativa pioneira que veio para ficar e garantir a qualidade dos serviços prestados tanto para empresas quanto para os seus clientes.

“A maior importância da renovação do Procondo é a constatação do seu amadurecimento. Esse programa se consolidou e já é uma realidade no mercado imobiliário, principalmente para mensurar as operações de uma administradora de imóveis”, destacou Bulhões.

Para a diretora geral do Procondo, Deborah O’Dena Mendonça, o programa é um grande ganho para o mercado e seus clientes, uma vez que valoriza a atividade condominial e aprimora a qualidade do serviço prestado.

“Com o programa, a Associação Brasileira das Administradoras de Imóveis (Abadi) efetiva um mercado de administração condominial mais saudável e, como consequência, beneficia o consumidor final. Em suma, os condomínios têm a garantia de um serviço prestado com excelência”, destaca Deborah.

Como obter a certificação Procondo

Para obter a certificação, as administradoras devem participar de uma minuciosa auditoria. Essa etapa, gerida pelo Bureau Veritas – empresa líder mundial em certificações – conta com mais de 150 processos para garantir a qualidade dos serviços oferecidos aos condomínios do Rio de Janeiro.

O Procondo conta ainda com uma revisão anual e tem validade de três anos. Após esse período, uma nova auditoria deve ser realizada para a manutenção do certificado.